16/05/2011

Me falta coragem

Por vez, hoje me senti covarde.
Falei o que sinto
Sem olhar em seus olhos.
Disse adeus sem pensar que você poderia partir.

Partiu, sem ao menos se despedir.
Foi da mesma forma que chegou, sem avisar.
Como se sair da vida de alguém fosse simples,
Sem importância, sem querer.

Fui covarde, pois se eu precisasse olhar em seus olhos
Eu nada poderia dizer.
Não saberia ao certo o que queriria,
Ou talvez eu não devesse dizer.

Amo como poucos,
Vivo como muitos,
Desejo para sempre,
Choro como nunca!

Se hoje fui covarde, amor!
É porque não me senti segura para ficar.
Porque a única sensação que eu realmente gostaria de ter,
Era a de que eu nunca precisasse partir.


Facebook