17/07/2010

Mulheres por que vocês são tão complicadas?!

A mente feminina é um vulcão em erupção. A questão é que simplificar essa mente seria um pouco injusto e superficial.
Dizer que as mulheres são todas iguais, também!
A minha por exemplo funciona por fases, tem vezes que ela quer ser livre outras que não quer se libertar.
Mas o grande ponto e o motivo deste post é retratar uma complexidade que talvez confunda mais um pouco.
Por que é tão importante desvendar ou compreender o que uma pessoa quer ou precisa?
Pra mim é tão melhor quando as pessoas simplesmente são, sem frescuras ou invenções.
Se quer pular que pule, se quer amar que ame, se quer dançar, por quê não?
Penso que se passarmos o nosso tempo procurando entender porque o cara não liga no dia seguinte, ou porque ele nos deixou no ápice da paixão, porque ele nunca me apresenta a família ou porque ele não diz que me ama, assim tão como eu queria ouvir?! Vamos acabar enlouquecendo e isso é fatal!
Afinal é assim, nós também sumimos e desistimos, as pessoas desistem.
Claro que ouvir um: - Ok. Você é legal mas não quero mais! É muito difícil para qualquer um, mas às vezes é a melhor maneira de não sofrer por muito tempo.
Mas voltando a complexidade, é assim, tem dias que queremos ser felizes por completo e em outros apenas curtir o momento.
Tem dias que viver parece estranho, em outros são as melhores coisas que já existiram no mundo.
Ser complicada é ter dúvidas e incertezas sobre a vida, é um dia querer ser artista e em outro querer ser astronauta. É talvez nem saber exatamente o que se quer.
Mas pergunto e espero respostas, por que é tão difícil simplesmente aceitar que nessa vida não precisamos entender o porquê de tudo, apenas vivê-la?

Ps.: Penso que se alguém souber desmistificar exatamente a complexidade feminina, vai perceber que foi uma grande burrice e, porque não, uma desilusão?


Nesse momento a minha complexidade é retratada por um grande poeta, segue:


“Feliz comigo” – Augusto Branco

créditos: http://www.muleburra.com/mb/2010/07/16/feliz-comigo-augusto-branco/

Não… Eu não estou querendo viver uma paixão arrebatadora
Paixões assim são as que proporcionam os mais altos sonhos
E também as maiores quedas…
Mas, acredite, eu sou capaz de me apaixonar todos os dias!
E também não estou interessado em encontrar quem me ame de verdade
Já encontrei estas pessoas há muito tempo
E aquelas que não estão ao meu lado
Eu carrego comigo, em meu peito.
Ah, eu também não estou querendo viver um grande amor
Eu vivi todos os amores que a vida me trouxe
E foram lindos
Foram maravilhosos
E ainda são grandes amores, e vivem comigo, mesmo que já se tenham passado
Também não estou procurando alguém para toda a vida
Nem procuro alguém para um pouquinho apenas
Não estou procurando absolutamente nada
Neste momento, apenas retraio-me comigo,
E estou descobrindo o prazer e a felicidade enorme que é
Amar mais e melhor a mim mesmo.








Facebook