04/07/2010

Destinados a vencer.

Dentre incessantes perguntas sobre a vida, uma tende sempre a se repetir: - O que precisa ser feito para vencer? Tudo remete a um mesmo pensamento, se é preciso ter sorte, talento, determinação, garra, coragem? Será destino ou coincidência?
Hoje ouvi algo que me chamou a atenção e me fez formular uma idéia sobre vitórias, o Brasil foi o time que mais vezes ganhou uma copa do mundo e também o time que mais perdeu. Foram 5 vitórias contra 14 eliminações. Somos a nação que mais comemorou títulos mundias e em contrapartida a que mais vezes sofreu com a eliminação. Talvez agora seja claro dizer que somos perdedores de carterinha, mas não, porque somos o único país que ergueu 5 vezes a taça de campeão.
Não é apenas no futebol, já conheci várias histórias de pessoas que venceram de alguma forma na vida, que se assemelham em um fator comum, a perseverança.
Acredito que para se vencer em algo além de talento, sorte, determinação, garra e coragem, é preciso não desistir, ter disposição e força para continuar buscando, se esse for o objetivo.
Vivenciei muitas vezes momentos de conquistas, algumas insignificantes outras com pesos significativos, mas confesso que sou uma eterna vice, essa colocação sempre me fez enxergar as coisas como elas poderiam ter acontecido, isso sempre me serviu de amadurecimento, porque cedo ou tarde a vida sempre acaba nos dando uma chance de buscar novamente.
Será assim daqui a 4 anos com a copa do mundo, será para uma mãe que tenta ter um filho e não consegue, para um profissional que quer chegar e ainda não descobriu como, para o mundo e suas imensas necessidades de vencer.
O que realmente importa é a capacidade que se tem, apesar das derrotas, de continuar tentando, mudando, renovando e aprendendo, tornando-se fortes porque são esses os grandes e verdadeiros campeões.





      

Facebook