11/05/2010

Transparência nos processos de seleção, já!

O título desse texto não é apenas uma frase que pede mudanças, mas todo um sentimento atrelado a esta ação.
Em toda a minha experiência profissional já passei por vários processos e entrevistas de emprego.
Alguns interessantes, outros hilários e uns completamente misteriosos.
Certa vez, fui a uma entrevista onde passei aproximadamente 45 minutos falando sobre a minha vida e mostrando quem eu era e onde poderia contribuir para a empresa, quando acabou a entrevistadora foi extremamente sincera e disse que por ela eu já estava aprovada, mas que eu precisaria passar pela aprovação do gestor. Ótimo, sem problema algum, se não fosse a frase que completou sua fala:
- Será assim, ele vai olhar pra você de cima embaixo, nem vai precisar falar nada, se ele gostar, a vaga é sua.
Isso sim é transparência!!!!
Na verdade, ao sair de lá liguei na recrutadora e falei que buscava um estágio em administração e não experiência de vida em serviços de acompanhante ou qualquer algo do gênero que precisasse da minha aparência para o emprego.
Mas o fato é que se eu aceitasse o emprego e por algum motivo algo me acontecesse eu não poderia alegar que tinha sido enganada.
Em outro processo quando estava selecionando um funcionário para a empresa que eu administrava, o entrevistado foi extremamente sincero ao dizer que fumava maconha para poder firmar o pulso. A primeira reação foi de surpresa, afinal, pode-se dizer o que for, mas precisa ter coragem para ser quem se é verdadeiramente, sem medo do que isso pode custar, até mesmo um emprego.
Essas histórias contemplam o pensamento sobre os processos de seleção, tanto por parte do candidato quanto por parte da empresa . É preciso ter transparência principalmente.
Um candidato sempre quer saber qual será a função que irá exercer, a empresa que irá trabalhar, o salário que terá, e assim por diante.
Por mais sigilo e zêlo que a recrutadora tenha sobre o processo de seleção, não podemos esquecer que é naquela empresa que o candidato passará um período da sua vida. Importante ou não, fatores como afinidade, reconhecimento de visão e valores com a empresa e identidade com a função podem trazer muito mais benefícios a ambos os lados.
Sendo assim, gostaria de fazer um pedido, pois um processo seletivo sem clareza pode causar sérios danos a carreira de uma pessoa, nossas escolhas profissionais dependem desta ferramenta e elas, em nenhum momento devem ser exclusividade de apenas uma das partes do processo. Por isso, ao selecionar um candidato e ao se candidatar a uma vaga de emprego, transparência já!

Facebook