20/11/2012

Dia da consciência do respeito ao ser humano.



Enquanto o pensamento for baseado em discriminação haverão injustiças, sangues continuarão sendo derramados,  a inocência permanecerá perdida  e a luta pelos direitos iguais será mantida. ~Brunna Paese~



Aguardo nascer o dia em que homens serão respeitados pelo simples fato de serem seres humanos.
Esse respeito consiste em não julgar pela aparência, em dar oportunidades indiferentemente de credo, classe, raça, ou opção sexual.
Onde o acesso à educação seja para todos, que os espaços sejam ocupados por competência não por exclusão ou seletividade. Sonhar que a carga passada seja esquecida ou preenchida com o novo, pela esperança e pela renovação.
           A discriminação ocorre nas nossas mentes, nas nossas ações, está presente, infelizmente, em toda a sociedade.
            Por isso espero o dia em que o negro não precise de um dia de consciência, pois essa consciência já estará presente em cada um de nós, que as mulheres não precisem relembrar o dia em que milhares foram queimadas numa fábrica, porque elas já terão entendido que seu espaço foi conquistado. Que o deficiente físico não precise implorar por condições de acessibilidade, pois todos já pensarão nisso na hora de construir um prédio, uma cidade, um mundo melhor. Que os homossexuais não precisem ter vergonha de suas escolhas, as pessoas respeitarão o direito que cada um tem de ser feliz. Onde os Índios não precisarão brigar por terras, eles terão seus lugares preservados, e assim por diante.
            O respeito pelo ser humano, não exclui as diferenças, não nega a existência de discriminações, não mascara as barbáries e exclusões que ocorrem, mas ressalta que acima de quaisquer pensamentos, nossas diferenças é o que nos tornam especiais.

            Pelo respeito ao próximo.    



Facebook