04/06/2012

Esquecida...

Sabe, vou contar um segredo. Para alguns isso nunca foi um mistério, talvez a mais evidente de todas as constatações, sou um dos seres mais desligados desse planeta.
Nunca me lembro o local onde deixo minhas coisas e por isso, a célebre frase me acompanha: -Onde deixei tal coisa?
Bom, passada essa breve introdução sobre mim, vou contar uma passagem engraçada.
Peguei o trem para o aeroporto com um pouco de atraso, não vamos falar sobre este outro problema agora senão terei que criar outro texto só para falar dele, mas devido a este atraso cheguei muito próxima do embarque.
Fui ao toten e não consegui efetuar o check-in, fui ao guichê de informação e depois de auxiliada esqueci os papéis do seguro para a imigração no balcão, prontamente a moça me avisou e peguei meus documentos.
Me dirigi ao outro balcão, lá fiz meu check-in e fui áte a área de embarque.
No meio do caminho me lembrei do livro que havia esquecido no voo de vinda, resolvi passar no achados e perdidos para procurar... Foi então que me dei conta que estava sem os meus papéis em mãos, voltei ao banheiro e não encontrei, foi então que percebi que havia esquecido tudo no segundo balcão que estive.
Depois de muita correria encontrei o livro e segui para procurar meus papéis, a cia aérea encaminhou a documentação para o embarque.
Já os tenho em mãos, agora é só esperar o avião decolar para que eu chegue na cidade que me aguarda.
Só espero não acabar deixando minha cabeça por aí, talvez deva agradecer por ela ser grudada. :)

Facebook