13/09/2010

Escrevi quando tinha 15 anos...

Sorriso de Menina

Ó doce menina, o que tú espera dessa vida?

Que nada pode ofecer a quem ama,
Nada pode dar a quem sonha,
Nada pode dar a quem quer.

Esta vida,
Cujo mar não tem ondas,
Cujo sol não tem brilho,
Cuja terra não brota mais flor.

Onde homens não respeitam os homens,
Onde “Deus” não é mais “Deus,
Onde eu não sou ninguém.

Procurei por todos os cantos, alguém que me mostrasse...
Ondas, brilho e flor.

Encontrei em um sorriso,
Ele era tão lindo
Que jamais imaginei.

Era um sorriso,
O sorriso de menina,
O sorriso do amor,
Um sorriso de mulher.

Por isso descobri que apesar de tudo,
A vida é bela.

E agora,
Mais do que brilho,
Mais do que flores.
Mais do que mar.

Eu acredito em um sonho.
Pois esse sorriso, era tudo
O que um dia eu sonhei.

- Brunna Paese - 2000

Facebook