01/08/2012

Quer ser o melhor?!

Sempre acreditei nos sonhos como propulsores de realizações e talvez, eles sejam exatamente isto, um catalisador de ações.


Normalmente, por mais pessimista que seja um ser humano, as pessoas tendem a colocar metas, objetivos e realizações que gostariam de ter.
Embasados nisso correm atrás para tudo acontecer como o almejado.


Sim, todos sabem das dificuldades da vida, das inúmeras chances de dar tudo errado. Vai dar, acredite!
Mas o grande ponto que tenho observado é de que quem chega lá, talvez por acreditar muito em um sonho, não desiste e persiste, sempre!

Ok, contos de fadas agora? Então vamos aos fatos porque isso não é um texto de auto-ajuda, apenas uma reflexão sobre um ponto de vista em torno da constante busca de si mesmo.

Como explicar pessoas de sucesso? Definindo sucesso como um objetivo alcançado, pessoas de referência, que são os melhores no que fazem (essa é a minha definição sucesso).
Fico pensando se elas nasceram abençoadas, dotadas de poderes que outros reles mortais jamais poderiam obter. Mas não, nada disso os acometeu.

Nem todos tiveram as melhores coisas e as melhores situações. Muitas vezes nem acesso ao que precisavam tinham. Mas eles criaram, foram atrás, não pereceram quando alguém por alguma razão disse que eles jamais iriam conseguir, deve estar cheio desses por aí. Meu exemplos são empresários, atletas, músicos, médicos, garis, jardineiros...

Outro dia conheci um jardineiro que é super recomendado e as pessoas pagam fortunas para terem o prestígio de receberem o trabalho deste profissional.

Seja o melhor!!!! Essa frase me intriga...

Talvez para o ser, seja necessário saber quem se é, o que faz de melhor, o que o completa, encontrar o que o engrandece.


É preciso muitas vezes desprender-se de si, do que se tem, do que se sente, ir longe tão somente para poder encontrar-se e seguir em frente.


A grandeza de ser não depende de nada além de dedicação e persistência, e pode ter certeza que quando encontrar esta grandeza, ela o fará ir além! 







Abaixo, sem conexão com o texto apenas para mudar de assunto e fazer um mershan, segue o poema declamado por Wilson R. Poeta







A paixão é algo que torna os amantes mais humanos, mas que os permite voar como pássaros, viver como os deuses, acreditar como uma criança, sorrir como se nunca fosse cansar, e amar como se nunca pudesse se machucar.

~ Brunna Paese ~

Facebook