20/01/2010

Quem sabe?!

O cinema é a minha grande paixão e talvez meu maior sonho, tenho certeza disso, pois toda vez que saio de uma sala de cinema ou acabo de ver um filme, fico por alguns minutos, horas e até dias pensando na mensagem que captei e na capacidade que ele tem de mudar um comportamento, um sentimento e por que não uma vida?
Geralmente, sinto-me congelada por alguns instantes, mas dessa vez tive vontade de fazer parte daquela história que eu acabara de ver.
Uma história de amor clichê dentre um gigantesco filme de animação e efeitos visuais jamais visto por esse par de olhos verdes.
O que mais me intrigou e me fez escrever esse texto, é o ser humano.
Quem sabe eu leve uma vida inteira, ou duas ou três, para entender a capacidade que temos em sentir, amar e destruir.
Somos dotados de instintos e maldades e também temos caráter e um coração bom.
Teimo em compreender que mundo é esse que tem uma capacidade mutante de criar seres completamente diferentes. O pior é não querer fazer parte disso tudo.
Queria ser de um mundo onde eu vivesse em harmonia com a natureza, completamente. Onde o amor e simplesmente o amor fosse capaz de promover mudança e trazer o bem. Queria viver num mundo onde as coisas brilhassem e sentissem, onde houvesse uma comunicação e energia única entre o espírito e as coisas, que fosse longe da espécie humana e sua máquina de destruir. Talvez num sonho ou num filme.
Por muitas vezes quis vivenciar algumas cenas, mas até onde eu lembre nunca quis ser um personagem, dessa vez foi diferente, se eu pudesse escolher, na vida real ou na ficção, nem que fosse só para entender, eu queria ser um avatar!!!!
Hoje, definitivamente, cansei dessa espécie pequena que resolvi nascer =/
Mas tirei algumas outras boas lições, outra que me fez lembrar o momento que vivo e do que preciso.
Heróis, aquele cara que todos, ou nem todos, gostaríamos de ser, hoje percebi que heróis são FORTES, são guerreiros, sensíveis e capazes de provocar milagres e redenções.
Decidi que enquanto eu puder e querer serei FORTE! Porque é isso que faz as pessoas grandes. É isso que me faz continuar. Quem sabe eu vire uma avatar ou uma heroína ou talvez eu durma e volte a acreditar neste mundo e nas pessoas que vivem nele. Quem sabe?!



Facebook